Desde que o Vero…

…foi anunciado como “a próxima grande cena” – há duas semanas – o Facebook já teve um escândalo gigante e mesmo assim ninguém lá vai. A app do Vero saiu inclusivamente do Top 200 da App Store onde o Snapchat, Twitter e Musically se mantêm fortíssimos.

Historicamente, nenhuma rede social vingou por hype da comunicação social. As que vingam conquistam um nicho demográfico e são completamente ignoradas pelo mainstream até que lentamente vão conquistando outros nichos. Nenhuma rede tem os meios antes de ter as pessoas. O Musically é gigante em Portugal e quase ninguém sabe que ele existe. A última vez que lá andei a explorar aquilo já havia uma rapariga portuguesa com 250 mil seguidores e uma nos EUA com 18 milhões.
Fascina-me a histeria generalizada pelo Vero que, no seu pico, o da histeria, teve 3 milhões de utilizadores. Comparativamente com a desvalorização do Twitter e o Snapchat – “as redes sociais que já ninguém usa” – que têm, respectivamente, 330 milhões (mensais) e o Snap 187 milhões (diários).

Caso alguém tenha interesse, ando muito atento ao Anchor. O Anchor é uma rede social em que cada utilizador tem uma rádio/podcast e é super fácil gravar, editar, gravar entrevistas com outros utilizadores e exportar/distribuir para as outras plataformas de podcasts. Se o Facebook não lhes “roubar” as funcionalidades – visto que já estão a testar posts de audio em algumas regiões – acho que tem potencial para vir a ser muito grande. Podem adicionar-me por lá em anchor.fm/baptista

P.S: Já o escrevi aqui e volto a repetir: o linkedin está a ficar um colosso. As características de “discoverability” – em que muitas vezes o algoritmo do feed mostra o teu conteúdo a mais contactos de segunda rede do que de primeira – são brutais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *