O Homem em Busca de Um Sentido de Viktor Frankl

Dos melhores livros que já li.

Um psiquiatra chamado Viktor Frankl, que liderou o departamento de neurologia do hospital de Viena durante 20 anos, estava a escrever um estudo sobre a importância de descobrir o sentido da vida para a saúde mental quando foi deportado e feito prisioneiro num campo de concentração. Foi prisioneiro durante 3 anos, sobrevivendo ao pior imaginável.

Durante o cárcere teve de redescobrir o sentido para a sua vida – encontrar um porquê para viver num sofrimento excruciante sem fim à vista – e pode analisar os diferentes modos de agir de outros prisioneiros à luz da psiquiatria. Compreender o porquê de certos prisioneiros desistirem de viver e outros manterem a sua liberdade interior. O porquê de uns “se comportarem como porcos e outros como santos”. Como, independentemente das condições externas, temos sempre a liberdade suprema – algo que apenas nós controlamos – de decidir como reagimos às situações que nos são apresentadas.

Descobri este livro porque ao ler o Tribe of Mentors do Tim Ferriss (um livro em que ele entrevista 100 personalidades que atingiram sucesso de variadas formas em várias áreas) o livro mais vezes mencionado pelos entrevistados foi este. Não posso frisar mais o quão fantástico é este livro. Se alguém acabar por ler, gostava muito que me enviassem mensagem ou comentários para debatermos.

“O mundo está em mau estado, mas ficará ainda pior se cada um de nós não der o seu melhor” – Viktor Frankl

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *