Categories
Textos

A melhor dinâmica de networking que eu já vi

Estou na Liscon, uma conferência internacional de Ethereum em Lisboa, e uma empresa chamada Witnet criou um jogo para atrair pessoas para o stand deles. 

Cada jogador tem um cráchá com um ovo e um QR Code pendurado ao pescoço. Tem também acesso a uma página online onde pode ver o seu ovo, pontuação e um countdown. O countdown é para a hora do fim da conferência. 

O objectivo de cada jogador é conseguir que o máximo número de outros jogadores façam scan ao seu ovo. Quanto mais scans de jogadores diferentes mais pontos ganham. Quando o countdown chegar ao fim o ovo vai abrir. Quanto mais pontos o jogador tiver mais rara será a criatura que sairá do ovo. A criatura será um NFT que os jogadores podem vender, se quiserem. 

Está toda a gente a meter conversa para ‘scannar’ os ovos. Aqui e nas festas à noite. Mais! Cada pessoa tem de esperar 2min para poder ser scannada outra vez. Portanto, quando um grupo se junta, as pessoas são incentivadas a conversar até poderem ser ‘scannadas’. Muito inteligente! 

De longe, na minha percepção, a empresa com stand que mais se destacou pela positiva. Não só pela forma engenhosa como conseguiram atrair muita gente para o stand mas também pela forma como tornaram o evento melhor para todos os que participaram. Em comparação, todos os outros estavam apenas a fazer oferta de ‘swag’ normal como t-shirts. 

P.S: isto nem é um produto deles. Eles criam ferramentas para blockchain devs e queriam demonstrar uma funcionalidade da plataforma deles: o que vai permitir que as combinações possíveis para a raridade da criatura seja aleatória. Nem eles sabem o que vai sair. Eles próprios ficaram chocados com o sucesso do jogo. Espero que o produtizem para outros eventos usarem.